O que é um acorde e como ele é formado?

      Nenhum comentário em O que é um acorde e como ele é formado?

Aprender algo novo trás muitas dúvidas no início, principalmente com termos tão simples para quem já é do meio, mas confuso para quem está iniciando. É o caso de quem está aprendendo a tocar violão, por exemplo, não saber o que é um acorde, uma cifra e uma nota podem confundir e quase te fazer desistir! Não desista! Leia abaixo o artigo e saiba o que é um acorde e a diferença que há entre um acorde, uma nota e uma cifra! 🙂

O que é um acorde?

Antes de definirmos um acorde é necessário entender o que é uma nota!

Seja o primeiro a receber as novidades do blog!

Seu email está seguro conosco!

Notas musicais para violão

Uma nota é definida quando há apenas um som emitido, chamamos de uníssono. É o caso, por exemplo, de tocar uma corda solta no violão. Cada corda, quando tocada solta emite uma nota diferente: Mi, Si, Sol, Ré, Lá ou Mi (mais grave).

Notas musicais de violão

Notas musicais de violão

Existem 7 notas musicais naturais. São elas: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si. Entre elas há outras notas que não são naturais, são as notas acidentais, que estão meio tom acima (sustenido) ou abaixo (bemol) das notas naturais.

Mas, vamos com calma…

Primeiro vou te apresentar algumas simbologias musicais para que a compreensão fique melhor. O sustenido será representado pelo símbolo #, e o bemol pelo símbolo bTambém vamos passar a utilizar as cifras que representam os acordes naturais conforme esquema abaixo:

Cifras de violão

Cifras de violão

É necessário decorar a simbologia acima para facilitar o seu aprendizado de violão. Toda cifra é expressada dessa forma. E olha aí, agora você já sabe o que é Cifra! 😉

Para facilitar ainda mais a compreensão, veja abaixo a representação das notas naturais, a distância entre cada nota natural.

Notas de violão - Acordes Naturais

Notas de violão – Acordes Naturais

Como falei anteriormente, entre elas há as notas acidentais que são um semitom (ou meio tom) acima ou abaixo. Vamos representar o mesmo esquema acima, agora com as notas acidentais entre elas:

No esquema abaixo, as notas no quadro preto são as naturais. As notas no quadro branco são as acidentais.

Notas musicais para violão

Notas musicais para violão

Observe que um semitom acima da nota , temos o Dó# que é a mesma nota de um semitom abaixo da nota , ou Réb. 😉 E assim por diante, um semitom acima da nota Ré é o Ré#, um semitom abaixo, Mib… E por aí vai.

Observe também que as notas Dó, Ré, Fá, Sol e Lá possuem o intervalo de um tom de distância da sua próxima nota. Já as notas Mi e Si possuem o intervalo de um semitom da sua próxima nota! 😉

O que é um acorde

O que é um acorde

Finalmente o acorde! 

Agora que você já conhece as notas e as simbologias básicas deve estar perguntando: “Tudo bem, mas e o acorde? Cadê esse bendito? O que é um acorde, afinal?
Respondo: O acorde é formado pela união de três ou mais dessas notas. 😀

Vamos ver como é a formação de acordes?

Para começo de conversa, vamos pensar nos acordes naturais formados por três notas, chamados de tríades. Todo acorde deste tipo tem a seguinte formação básica.

•  1ª nota: É a tônica. É ela que dá o nome ao acorde. 
•  2ª nota: É a terça. Ela que define se um acorde é maior ou menor.
•  3ª nota: É a quinta. Complementa o acorde!

Exemplos práticos

Vamos fazer uns exemplos práticos para que fique mais simples, começando com o acorde C maior:

» 1ª nota: A tônica é o próprio C, pois ele dá nome ao acorde.
» 2ª nota: A terça maior está a um intervalo de dois tons da primeira nota, portanto é o E.
» 3ª nota:A quinta justa está a um intervalo de três tons e meio de distância da primeira nota, logo a nota G.

Formação de acordes - acorde C

Formação de acordes – acorde C

Agora vamos ver o exemplo de um acorde menor o acorde Am. Não muda nada, você vai ver:

» 1ª nota: A tônica é o próprio A, pois ele dá nome ao acorde.
» 2ª nota: A terça menor, que tem um intervalo de um tom e meio apenas de distância da primeira nota, portanto C.
» 3ª nota: A quinta justa, vai continuar com o mesmo intervalo de três tons e meio de distância da nota fundamental ou tônica, portanto serão as notas acidentais E.

Formação de acordes - Acorde Am

Formação de acordes – Acorde Am

Observe que depois da última nota Si, a sequência volta para o Dó, Dó#… e assim por diante. Por isso um tom e meio de distância da nota tônica Lá, é a nota Dó.
Até o Si temos um tom, e até o Dó, mais meio tom. 😉

Esses são os chamados acordes naturais. Existem 24 acordes naturais, sendo 12 maiores e 12 menores. Para praticar, tente montar esses 24 acordes São os acordes que levam o nome das notas naturais e acidentais:

» ACORDES MAIORES NATURAIS:
C, C# ou Db, D, D# ou Eb, E, F, F# ou Gb, G, G# ou Ab, A, A# ou Bb, B

» ACORDES MENORES NATURAIS
Cm, C#m ou Dbm, Dm, D#m ou Ebm, Em, Fm, F#m ou Gbm, Gm, G#m ou Abm, Am, A#m ou Bbm, Bm

Representação no braço do violão

Formação de acordes - Representação no braço do violão.

Formação de acordes – Representação no braço do violão.

 Agora vamos ver a representação desses acordes no braço do violão?

Você já sabe que cada nota do violão solta emite um som uníssono, uma nota. Se não sabe, acesse veja neste post das partes do violão detalhado, aqui explicamos que cada casa do violão representa um semitom. O braço do violão ficaria da seguinte maneira:

Braço do violão

Braço do violão

Acima, temos a  nota emitida com a corda solta, como a cada casa temos um novo semitom, ao pressionar as cordas nas casas obtemos as notas representadas no esquema acima.

Agora é só procurar as notas que encontramos nos exemplos anteriores nas cordas do violão para montar os acordes. Veja o exemplo do acorde C e Am que já montamos.

Primeiro o acorde C, como vimos formado pelas notas C, E e G.

Formação de acordes - acorde C no braço do violão.

Formação de acordes – acorde C no braço do violão.

Veja que as notas C, E e G são emitidas através das cordas pressionadas e do som que elas emitem enquanto soltas. As notas se repetem para deixar o som mais encorpado. 😉

É o caso também do Am, formado pelas notas A, C e E, veja:

Formação de acordes - acorde Am no braço do violão.

Formação de acordes – acorde Am no braço do violão.

Faça o mesmo com os demais acordes para praticar! 😉

Em seguida, clique aqui, e faça o download do Dicionário de acordes, gratuitamente, para conferir suas respostas! 😉

Resumindo

» O que é uma nota:

  • É um som uníssono emitido através das cordas soltas ou pressionadas.
  • Existem 7 notas naturais: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si.
  • Existem também as notas acidentais, que ficam entre o intervalo das notas naturais, são as notas sustenidos ou bemóis.
  • O conjunto delas formam o acorde.

» O que é um acorde:

  • Os acordes naturais (tríades) são formados por três notas.
  • O nome do acorde leva o nome da nota tônica que o forma.
  • A segunda nota que o forma é a terça, e ela determina se o acorde será menor ou maior.
  • A terceira nota é a quinta, se justa, possui um intervalo de três tons e meio da nota tônica do acorde.
  • Existem 24 acordes naturais, sendo 12 maiores e 12 menores.
  • Você ficou de montá-los para praticar…rs

» O que é uma cifra:

  • É apenas uma notação musical, utilizado para representar os acordes formados por instrumentos.
  • Deve decorar a cifra que representa cada acorde.
  • Ela é mais utilizada na música popular.

Para complementar o estudo, leia aqui o que é uma escala e onde ela é utilizada! 😉

Ficou alguma dúvida?! Deixe o seu comentário! E compartilhe o artigo com seus amigos que estão aprendendo violão para que eles não desistam por causa de três simples palavrinhas.

Bons estudos! 😉